12 novembro 2015

Resenha: Jogos Vorazes

Fala galera! Tudo bom? Mais alguém, além de mim, está ansioso(a) pra estréia do último filme da trilogia de Jogos Vorazes? Não se esqueçam que o filme A Esperança parte 2 estréia semana que vem, dia 18 de novembro. Como por aqui ainda não tinha resenha de nenhum dos livros, eu decidi trazer a do primeiro livro e logo, logo, irei trazer dos outros dois. Caso estejam muito curiosos pra ler as outras, eu já fiz a do segundo livro lá no meu blog - clique aqui pra ver - e vou liberar a do terceiro antes do filme - assim espero.

Nome: Jogos Vorazes
Autora: Suzanne Collins
Editora: Rocco
Páginas: 397
Avaliação: 5 estralas
Onde comprar: Saraiva

Sinopse: 
"Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com a mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com os Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?"
Jogos Vorazes é um torneio organizado pela bendita Capital de Panem, que todo ano mandam dois jovens (tributos) de cada um de seus 12 Distritos para lutarem até a morte nos jogos organizados por eles. O motivo deles fazerem isso é para tentar evitar um novo conflito entre os distritos e a Capital, já que no passado um de seus distritos, o qual não existe mais, se rebelaram contra eles. 

Na primeira colheita em que Prim é obrigada a participar, ela é escolhida e Katniss por ser a irmã mais velha e ter o extinto protetor de irmã, se voluntária pra ir no lugar de sua irmãzinha menor. Como tem que ser sorteado dois tributos de cada distrito, sendo um feminino e o outro masculino, Peeta, um garoto que salvou a vida dela no passado quando ela estava morrendo de fome, foi o sorteado. Após a colheita eles vão para a Capital e participam de um Reality Show, - muito bizarro na minha opinião, mas tudo bem - e foi aí que começou uma certa "estrategia" de sobrevivência dos dois, porque Peeta falou que era apaixonado por Katniss e blá, blá, blá. 

Bom, o primeiro livro foi mais de apresentação mesmo, sabe? Mostrou quem seriam os personagens principais, como funcionavam os jogos e tudo mais. No começo fiquei com tanto dó da Prim. Ela já estava nervosa por aquela ser a primeira colheita dela e justo ela foi sorteada, mas a Katniss deu uma de boa irmã e foi no lugar dela. Confesso que em certas partes precisei de uma garrafa de água por perto, porque a Katniss sentiu tanta sede durante os jogos que até eu senti também de tanto que ela pensava em água. 

Às vezes me envolvo até demais na história, porque pense em uma pessoa que pegou ódio pelo Peeta. Meu, ele não conseguia se decidir de qual lado ele ficava, dava vontade de entrar no livro e socar a cara dele, e além dele ser esse filho da mãe, ele era muito mongo, dava muita raiva disso. Mas o livro é ótimo mesmo assim e por incrível que pareça, os filmes estão sendo bem fieis e isso é muito bom. A trilogia virou uma das minhas preferidas e eu estou louca pra chegar dia 18 logo - faltam 6 dias *---* -  quero assistir o último filme da saga.

O que acharam da resenha? Não se esqueça de deixar seu comentário com sua opinião, viu? 
Beijo Beijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário